Boletim MMA Brasil: Próximos eventos do UFC sofrem alterações

Por Gabriel Camargo | 19/06/2019 22:17

A caminho de mais uma maratona de eventos, o UFC está recheando os seus próximos eventos do segundo semestre. Assim, o Boletim MMA Brasil dessa semana vai destacar os vários cancelamentos de lutas para os próximos cards, incluindo a nova adversária de Roxanne Modafferi.

Com o deslocamento de Liz Carmouche para a disputa de cinturão contra Valentina Shevchenko, a americana Roxanne Modafferi acabou ficando sem adversária para a sua próxima apresentação no UFC San Antonio. Porém não foi por muito tempo. Para o lugar da próxima desafiante, foi chamada a brasileira Jennifer Maia. Ex-campeã do Invicta FC, Maia tem duas lutas no UFC, com uma derrota e outra vitória, em sua última luta contra Alexis Davis. Para Roxy, a luta também vale emendar sua primeira sequência positiva dentro do octógono. Participante de duas edições do The Ultimate Fighter, Modafferi foi finalista da edição de número 26, que valia o cinturão inaugural da categoria, mas acabou derrotada por Nicco Montano. As lutadoras já se enfrentaram em 2016 ainda no Invicta, quando Maia superou a americana, defendendo o cinturão que estava em sua posse.

Além dessa troca, três dos próximos quatro eventos sofreram com mudanças em suas lutas. A mais impactante por conta do pouco tempo de preparo, foi a saída de Bruno Blindado, que enfrentaria Deron Winn no UFC Greenville. Para o seu lugar Eric Spicely foi recontratado e será o terceiro oponente diferente do estreante americano. Os desfalques do UFC Minneapolis ficaram na conta de Sergio Pettis e Chas Skelly, forçando a organização a contratar dois novos lutadores. Os escolhidos foram Journey Newson e Vince Murdock, para enfrentar, respectivamente, Ricardo Carcacinha e Jordan Griffin.

O UFC Sacramento também teve importantes baixas. Retornando ao peso médio, Karl Roberson não vai mais enfrentar John Phillips e na sua vaga foi contratado Wellington Turman. O brasileiro tem quatro vitórias em sequência, finalizando Marcio Lyoto em sua última apresentação no Future FC. No peso galo, Sara McMann faria seu retorno após dar à luz ao seu segundo filho, porém uma lesão irá adiar sua próxima luta. Para enfrentar a ex-campeã do peso mosca Nicco Montaño – que vai fazer seu primeiro combate na nova categoria – o UFC promoveu outro retorno. Afastada a mais de dois anos, também por conta de uma gravidez, Julianna Pena vai tentar voltar a ganhar, após ser finalizada por Valentina Shevchenko.

Além do combate valendo o cinturão peso mosca feminino, o UFC Montevidéu recebeu um grande pacote de embates. O mais importante será no peso palha entre a oitava do ranking, Tecia Torres, e Marina Rodriguez, combate que reúne atletas em momentos distintos na carreira. Depois de chegar muito perto de disputar o cinturão, “Tiny Tornado” está em sua pior fase, acumulando três derrotas, diferente da brasileira, que ainda está invicta, com duas lutas na organização. Outro bom combate anunciado foi entre Alexey KunchenkoLaureano Staropoli, no peso meio-médio. Ambos lutadores possuem duas lutas no UFC, acumulando um retrospecto invicto na organização, sendo que o vencedor se aproximará muito do ranking da categoria.

Outro bom combate que vale ser destacado vai ocorrer dia 14 de setembro, no UFC Vancouver. Mais um nome emergente na categoria dos meios-pesados, Jim Crute vai ter o seu maior desafio até agora no octógono. Ainda jovem, com apenas 23 anos, o australiano entrou no UFC via Contender Series, nocauteando Chris Birchler, na ocasião. Desde então, somou duas vitórias contra Paul Craig e Sam Alvey, aumentando seu retrospecto invicto para 10 vitórias. Seu adversário será Misha Cirkunov. Assim como seu oponente, teve um ótimo início na organização, porém suas últimas apresentações o deixaram em situação desconfortável, com um vitória em quatro lutas, sendo nocauteado em todas as derrotas.

Confira todos os combates anunciados nos últimos sete dias:

UFC On ESPN+ 12, 22/06 na Bon Secours Wellness Arena, em Greenville, Carolina do Sul, EUA

Peso médio: Bruno Blindado saiu do combate contra Deron Winn, que agora vai enfrentar Eric Spicely – por ESPN

UFC On ESPN 3, 29/06 na Target Center, em Minneapolis, Minnesota, EUA

Peso galo: Sergio Pettis saiu do combate contra Ricardo Carcacinha, que agora vai enfrentar Journey Newson – anunciado pelo UFC
Peso pena: Jordan Griffin vs. Vince Murdock – anunciado pelo UFC

UFC On ESPN+ 13, 13/07 na Golden1 Center, em Sacramento, Califórnia, EUA

Peso médio: John Phillips saiu do combate contra Karl Roberson, que agora vai enfrentar Wellington Turman – por Combate
Peso galo: Sara McMann saiu do combate contra Nicco Montaño, que agora vai enfrentar Julianna Peña – por MMA Fighting

UFC On ESPN 4, 20/7 na AT&T Center, em San Antonio, Texas, EUA

Peso mosca: Roxanne Modafferi vs. Jennifer Maia – por ESPN

UFC 240, 27/07 na Rogers Place, em Edmonton, Alberta, Canadá

Peso pesado: Giácomo Lemos vs. Tanner Boser – por Combate

UFC On ESPN+ 14, 10/08 na Antel Arena, em Montevidéu, Uruguai

Peso mosca: Valentina Shevchenko vs. Liz Carmouche – por ESPN
Peso palha: Tecia Torres vs. Marina Rodriguez – anunciado pelo UFC
Peso meio-médio: Alexey Kunchenko vs. Laureano Staropoli – por Red Fury MMA
Peso pena: Enrique Barzola vs. Bobby Moffett – anunciado pelo UFC
Peso mosca: Veronica Macedo vs. Rachael Ostovich – anunciado pelo UFC
Peso leve: Rafael Fiziev vs. Alex Leko – por TSN

UFC 241, 17/08 na Honda Center, em Anaheim, Califórnia, EUA

Peso palha: Hannah Cifers vs. Jodie Esquibel – por Cifers em suas redes sociais

UFC 242, 07/09 na du Arena, em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos

Peso galo: Sarah Moras vs. Liana Jojua – por Igor Lazorin

UFC On ESPN+ 16, 14/09 em estádio a ser definido, em Vancouver, Canadá

Peso meio-pesado: Misha Cirkunov vs. Jim Crute – por MMA DNA