Boletim MMA Brasil: Junior Cigano encara Curtis Blaydes na luta principal do UFC Raleigh

Por Gabriel Camargo | 14/11/2019 14:44

O ano de 2019 está quase terminando e, com menos de 50 dias para a chegada do Ano Novo, todo o calendário do UFC está fechado, excetuando-se possíveis lesões e trocas de lutas, como a que aconteceu no UFC Washington, com a substituição de Trevor Smith por Makhmud Muradov, que agora será o adversário de Alonzo Menifield. Por sua vez, os primeiros eventos do ano de 2020 vão se formando, com a primeira luta principal anunciada, confirmação da descida de peso de um ex-campeão e o primeiro grande teste de uma grande promessa.

UFC RALEIGH

Com algumas lutas para o próximo ano já encaminhadas, era questão de tempo até serem anunciados quais seriam as cidades que abrigariam o octógono em 2020. A primeira confirmada foi Raleigh, município localizado no estado da Carolina do Norte, nos EUA. Capital do estado, a cidade vai receber um evento do UFC pela primeira vez, que retorna ao estado após dois anos, desde quando Ronaldo Jacaré nocauteou Derek Brunson, em Charlotte. O evento vai acontecer em 25 de janeiro, na PNC Arena e as suas lutas principais também foram confirmadas.

A luta fechará a noite de combates vai envolver dois top 5 dos pesos pesados, mais precisamente o terceiro e o quarto. O melhor posicionado é Curtis Blaydes, que nesse ano se recuperou do segundo revés sofrido diante de Francis Ngannou, batendo com propriedade Justin Willis e Shamil Abdurakhimov, voltando a se posicionar muito bem dentro da categoria e, com apenas 28 anos, é um sopro de esperança dentro da combalida divisão. “Razor” vai encarar o primeiro ex-campeão de sua carreira em Junior Cigano, sendo essa a segunda oportunidade que o americano vai ter de realizar um evento principal. Muito mais experiente, o brasileiro vai fazer a sétima luta principal seguida, totalizando a 13ª dentro do UFC. Dos Santos foi campeão dos pesados em 2011, mas desde então tem enfrentado uma certa inconstância de resultados, a pesar disso, conseguiu engatar três vitórias em sequência nos últimos dois anos. A boa fase foi interrompida na última luta, quando foi derrotado por Francis Ngannou.

O UFC Raleigh recebeu vários outros combates, mas o maior destaque que pode ser feito é para a confirmação da descida de peso de Frankie Edgar, migrando do peso pena para o galo. Apesar das muitas especulações por uma possível luta contra Aljamain Sterling, Edgar terá outro adversário em sua estreia. Cory Sandhagen será o responsável em dar as boas-vindas ao ex-campeão. Vindo de duas excelentes apresentações, batendo John Lineker e Raphael Assunção, Sandhagen foi alçado ao topo da divisão de forma bastante rápida, sendo um dos atletas mais subestimados da divisão. “The Answer” finalmente faz a migração de categoria, que já era pedida pelos fãs desde quando perdeu para José Aldo. O embate será interessante pois mesmo descendo de categoria, Edgar vai sofrer com a diferença de altura, já que Cory um dos mais altos da categoria. O casamento abre espaço para o próprio Sterling disputar o cinturão da categoria, uma vez que todos os demais integrantes da elite estão com lutas marcadas.

OUTROS DESTAQUES

O primeiro evento numerado do próximo ano, que deve contar com o Conor McGregor, teve um combate adicionado envolvendo uma grande promessa. Com apenas três lutas no UFC, Maycee Barber tem causado grande alvoroço dentro da nova divisão. Com grande poder de nocaute, “The Future” ainda não chegou ao fim do segundo round no octógono, tendo derrubadas todas as suas adversárias. Em um choque de gerações, enfrentará em sua próxima luta Roxanne Modafferi. A veterana está em sua segunda passagem no UFC, já tendo disputado o cinturão inaugural do peso mosca, ocasião em que foi derrotada por Nicco Montaño. Desde então, “Roxy” vem intercalando seus resultados, em seu último compromisso acabou derrotada por Jennifer Maia. O combate irá ocorrer no UFC 246, em 18 de janeiro.

A categoria mais jovem dentro da organização também estará representada no dia 8 de fevereiro. Em evento que vem sendo ventilado a ser realizado na cidade de Houston, contará com as ranqueadas Andrea Lee e Lauren Murphy. Enquanto Lee conheceu a primeira derrota no UFC em sua última luta, Lauren derrotou Mara Romero Borella e busca engatar a primeira sequência de vitórias na organização. Outra peleja para o mesmo evento, contará com Ovince Saint Preux. O ex-desafiante ao cinturão interino, vem realizando um interessante trabalho de porteiro. Mesmo sofrendo com derrotas em momentos chave, barrou nomes ascendentes que buscavam um lugar no top 15, sendo um bom teste para esse pessoal do meio de tabela. Dessa vez, irá tentar parar a ascensão de Ryan Spann, atleta que ainda não perdeu dentro do octógono, superando Luis Henrique KLB, Rogerio Minotouro e Devin Clark.

Confira todos os combates anunciados nos últimos sete dias:

UFC On ESPN 7, 07/12 na Capital One Arena, em Washington, DC, EUA

Peso médio: Alonzo Menifield se retirou do combate contra Trevor Smith, sendo substituído por Makhmud Muradov – anunciado pelo UFC

UFC 246, 18/01 na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada, EUA

Peso mosca: Roxanne Modafferi vs. Maycee Barber – por MMA Junkie

UFC On ESPN+, 25/01 na PNC Arena, em Raleigh, Carolina do Norte, EUA

Peso pesado: Curtis Blaydes vs. Junior Cigano – por ESPN
Peso galo: Frankie Edgar vs. Cory Sandhagen – por ESPN
Peso mosca: Justine Kish vs. Lucie Pudilova – anunciado pelo UFC
Peso médio: Bevon Lewis vs. Alen Amedovski – anunciado pelo UFC
Peso meio-pesado: Darko Stosic vs. Jamahal Hill – anunciado pelo UFC
Peso galo: Montel Jackson vs. Felipe Cabocão – anunciado pelo UFC

UFC On ESPN+, 08/02 em local a ser definido

Peso mosca: Andrea Lee vs. Lauren Murphy – por MMA Fighting
Peso meio-pesado: Ovince Saint Preux vs. Ryan Spann – por MMA Junkie