Bethe Correia passa por cirurgia, cancela luta do UFC Fight Island 7 e adia luta de aposentadoria

Por Edição MMA Brasil | 07/01/2021 16:15

A brasileira Bethe Correia teve um empecilho de última hora e foi forçada a adiar sua luta de aposentadoria no MMA. Diagnosticada com apendicite, a ex-desafiante dos galos do UFC passou por uma cirurgia de emergência e cancelou a luta que faria contra Wu Yanan no UFC Fight Island 7. A informação é do “MMA Fighting“.

LEIA MAIS
Warlley Alves ganha novo adversário e enfrenta Mounir Lazzez no UFC Fight Island 8
Dana White revela que Charles do Bronx deve enfrentar Justin Gaethje em sua próxima luta
Participe do programa de colaboradores do MMA Brasil e apoie o sitet

Depois de passar pela cirurgia de remoção de seu apêndice na última quarta-feira (6), que foi considerada um sucesso pelos médicos, a brasileira trabalha com a expectativa de receber a liberação médica para voltar a lutar entre março e abril.

Através de sua conta no Instagram, Bethe “Pitbull” postou algumas imagens da cirurgia e explicou o ocorrido, afirmando que sua “última dança” no UFC foi adiada por um tempo.

“Deus sabe de todas as coisas. Estava treinando forte e pronta para viajar, mas nessa madrugada senti uma dor insuportável e fui ao médico. Ele falou que tinha que passar por uma cirurgia de emergência, estava com apendicite aguda em estado necrosado. Minha última dança e última luta para vocês terá que ser adiada um pouquinho”, afirmou.

Aos 37 anos de idade, Bethe Correia chegou a ser dispensada do UFC em 2020, mas acabou recebendo uma última oportunidade para fazer sua luta de aposentadoria do MMA. Ex-desafiante dos galos, a veterana soma apenas duas vitórias em suas últimas sete lutas.