Ben Henderson domina Saad Awad no Bellator 208

Por Matheus Costa | 14/10/2018 00:28

Ben Henderson, enfim, parece ter ressurgido na carreira. O ex-campeão dos leves do UFC teve uma ótima atuação contra o experiente Saad Awad, dominando o confronto desde o primeiro assalto usando seu ótimo jogo de quedas, na luta coprincipal do Bellator 208.

O duelo começou com os lutadores trocando inúmeros chutes fortes. Awad buscava os golpes em linha reta para encurtar a distância, enquanto Henderson se movimentava bastante, chutando nas pernas e na linha de cintura para jogar na longa distância. Após dois minutos de troca de chutes, Benson aplicou uma queda e caiu na meia-guarda de Awad. Henderson conseguiu pegar as costas e estabilizar a posição, mas Saad explodiu no momento certo e saiu da posição. Os dois trocaram raspagens e Awad tentou um triângulo de mão na guarda, mas Ben conseguiu escapar da finalização e golpear por cima até o fim do primeiro round.

Henderson manteve a agressividade no segundo round e acertou boas combinações, com dois bons cruzados de esquerda. Depois, aplicou uma queda, mas acabou sendo revertido por um belo movimento de Saad. Entretanto, Ben conseguiu raspar e ficou por cima, caindo na meia-guarda do adversário. Saad tentou escapar e deu as costas, mas insistiu em se levantar, sendo derrubado novamente. Ao tentar estabilizar os ganchos na cintura, Awad mostrou bom arsenal defensivo e o tirou da posição. Todavia, Benson não largou a posição e aplicou mais uma queda. O ex-campeão do UFC foi para a meia-guarda novamente e tentou o katagatame, mas, como Awad estava colado na grade, não houve espaço o suficiente para estabilizar a posição.

No terceiro assalto, Henderson manteve a pressão, acertando um forte chute na linha de cintura. Logo depois, ele aplicou uma queda, colocando Awad de costas na grade. Entretanto, ele agarrou a grade com os dedos para manter a posição, e o combate foi interrompido por advertência do árbitro central. Os dois entraram no clinch na grade, mas não houve muita ação. Awad aplicou um bom gancho de direita e Henderson caiu momentaneamente. Entretanto, o “Smooth” se levantou rapidamente e buscou derrubá-lo com sucesso. Henderson raspou para a meia-guarda e tentou novamente o katagatame, mas a falta de espaço entre o lutador e a grade impossibilitou a finalização. Awad deu as costas e o confronto chegou ao fim com Benson golpeando das costas.

Benson Henderson derrotou Saad Awad por decisão unânime (30-27, 30-26 x2).

Editor do MMA Brasil. Fundador e editor-chefe do extinto Olimpo MMA. 20 anos, carioca, fanático por esportes.