MMA Além do UFC: Bellator 226 tem No Contest na disputa de cinturão dos pesados

Por Idonaldo Filho | 10/09/2019 23:40

O MMA Além do UFC de hoje destaca e ilustra os principais acontecimentos nos eventos da última semana. O Bellator 226 – com cobertura do MMA Brasil – teve um inesperado desfecho em uma disputa de título.  Novos campeões foram coroados no Cage Warriors e no Invicta FC. No primeiro, pela divisão dos galos, no segundo, pelo peso moscas

Bellator 226

O Bellator 226 teve um frustrante final em sua luta principal. No duelo mais importante da noite, o campeão Ryan Bader fazia um bom início de primeiro assalto, mas acabou que sua luta com Cheick Kongo foi encerrada antes do esperado e não da forma que gostaríamos de ver. A luta parou após, aparentemente, Bader colocar o dedo no olho de Kongo e o médico decidir que o francês não tinha mais condições de lutar, acabando o combate em um no-contest.

Houve também no Bellator 226 o início do torneio na categoria dos penas. No duelo coprincipal, o ex-campeão Daniel Straus se apresentou de forma decepcionante. Após três derrotas seguidas, Derek Campos conseguiu uma vitória larga na decisão dos juízes sobre Straus e passou de fase. As demais lutas do torneio acabaram com interrupções: Adam Borics acabou com os restos mortais de Pat Curran com sua tradicional joelhada voadora, conquistando a vaga na próxima fase e mantendo a invencibilidade.

O português Pedro Carvalho finalizou Sam Sicilia após um início de luta apertado, se assegurando nas quartas de final sendo considerado uma zebra no torneio. Por último, o ex-desafiante Emmanuel Sanchez finalizou o inexperiente Tywan Claxton com um triângulo.

Cage Warriors: Unplugged 2

O Cage Warriors fez um mini torneio para definir o novo campeão do peso galo na última semana. Mesmo sendo azarão, o inglês Jack Cartwright garantiu o título com uma vitória sobre Scott Malone e depois contra Marko Kovacevic, ambas por nocaute. Estreante no Cage Warriors, Cartwright mantem sua invencibilidade em sete lutas e pode chamar a atenção de um grande evento em breve. Outra boa vitória no evento foi a de Louis Glismann contra Craig White – galês de passagem apagada pelo UFC.

Invicta FC: Phoenix Series 2

O Invicta FC também definiu uma campeã na última semana. Na segunda edição de sua série de torneios chamada “Phoenix Series” a categoria escolhida foi o peso mosca. Daiana Torquato (única brasileira no torneio), DeAnna Bennett , Miranda Maverick e Shanna Young venceram respectivamente Milana Dudieva, Liz Tracy, Victoria Leonardo e Maiju Suotama, todas as lutas terminando na decisão.

Nas semifinais, Maverick e Bennett garantiram a vaga na final com finalizações, sendo que Miranda venceu Young e DeAnna encaixou um mata-leão na brasileira – a mesma submissão foi o método de vitória de Maverick. A final foi vencida por Miranda Maverick, derrotando DeAnna por submissão e vingando a derrota no início do ano. O detalhe é que as lutas preliminares foram de um só round e a final aconteceu em três assaltos.

PRINCIPAIS EVENTOS DA PRÓXIMA SEMANA:

LFA 76
RCC Intro 5
Oktagon 14
KSW 50