Bellator 179: Rory MacDonald encara Paul Daley na expectativa de assumir o controle da organização

Aguardada ansiosamente, a estreia de Rory MacDonald no Bellator é apontada como o primeiro passo rumo à dominação da segunda maior organização do MMA mundial.

Quando Rory MacDonald deixou o UFC para assinar com o Bellator, muita gente, inclusive eu, apontou uma possibilidade de futuro dourado para o craque canadense. Integrante do top 5 mundial dos pesos meios-médios, ele automaticamente assumiu o favoritismo para tomar o cinturão que hoje está em posse de Douglas Lima. E, dados os seus talento e aptidões físicas, Rafael Carvalho também estaria em risco no trono do peso médio.

O “Red King” (18-4 no MMA) vai à SSE Arena, em Londres, enfrentar o ídolo local e também ex-UFC Paul Daley (39-14-2 no MMA, 5-1 no Bellator), nesta sexta-feira. Embora não tenha sido oficialmente declarado pelo presidente Scott Coker ou pelo matchmaker Rich Chou, o combate provavelmente indicará o próximo desafiante do peso meio-médio.

A estreia no Bellator marca o fim do segundo hiato de 11 meses consecutivos tirado por MacDonald. Depois de sucumbir a uma excruciante batalha contra Robbie Lawler, pelo cinturão do UFC, Rory deu um tempo e voltou perdendo para Stephen Thompson, num duelo que deixou claro que a recuperação não tinha sido completa. Ele então decidiu curar de vez o nariz, fraturado contra Lawler e em duas oportunidades no camp para Thompson, antes de pisar num cage novamente. Pela primeira vez na carreira, o atleta da Tristar Gym conheceu derrotas consecutivas.

Aos 34 anos, sete a mais que o rival, Daley tem se mantido ativo desde que MacDonald enfrentou Lawler. O “Semtex” venceu três de quatro confrontos no cage circular, perdendo apenas a eliminatória para o cinturão para Lima, em julho do ano passado. A recuperação foi em modo highlight, no espetacular nocaute aplicado via joelhada voadora em Brennan Ward, quando, em seguida, desafiou MacDonald. O inglês ainda fez uma luta de kickboxing no Bellator: Dynamite 1, quando venceu Fernando Gonzalez.

Temos aqui um confronto de larga possibilidade de entretenimento. Daley é um striker comprometido com as ações ofensivas, que combina um vasto repertório no kickboxing com potência nos golpes, mas que é frustrado quando pressionado ou quando não consegue obter o controle das ações. E este é exatamente o perfil de MacDonald.

O pupilo de Firas Zahabi é um craque no ponto de vista tático, mas possui uma alma psicopata capaz de fazê-lo mergulhar em confrontos insanos. Ou seja, é bem provável que MacDonald, por ser um lutador completo, entre com uma estratégia de controlar a distância em busca de encurtá-la para levar Daley ao solo, fazendo com que seu ground and pound absolutamente brutal dê cabo do europeu. Porém, não duvidemos de Paul conseguir atrair Rory para a pancadaria, o que tornaria a luta altamente empolgante e mais à feição do inglês. No entanto, temos que lembrar que MacDonald também fica muito à vontade trocando pancadas como se não houvesse amanhã.

Paul Daley vs Rory Macdonald odds - BestFightOdds

O combate é favorável ao canadense inclusive no ponto forte do inglês. A sabedoria em controlar a distância e em sair da postura comedida para a explosão fazem com que Daley tenha que encontrar ângulo para usar o poder de seus punhos. Se Rory evitar ficar plantado, a tarefa do europeu será bem mais complexa.

Em condições normais, a aposta recairia num nocaute técnico no ground and pound depois de uma luta unilateral a favor de MacDonald. Porém, com as inatividades e a última atuação, é bom ficar alerta com a possibilidade do Red King ser acertado por um petardo. Ainda assim, vou na primeira opção.

Outros duelos importantes do Bellator 179

O Bellator 179 reserva outros dois confrontos com consequências essenciais para as duas divisões mais pesadas. No combate coprincipal, o ex-campeão dos meios-pesados Liam McGeary (12-1 no MMA, 9-1 no Bellator) encara o compatriota Linton Vassell (17-5 no MMA, 6-2 no Bellator). Os ingleses se enfrentam visando o vencedor da disputa do cinturão entre o atual campeão Phil Davis e o desafiante Ryan Bader, que se chocam no Bellator 180.

Faixa-marrom de jiu-jítsu de John Danaher, dono de uma guarda frenética que usa longos braços e pernas para botes mortais, McGeary finalizou 11 de suas 12 vitórias, oito vezes no assalto inicial. Porém, a deficiente defesa de quedas foi primordial na derrota para Davis, que impediu o trabalho do então campeão no solo com facilidade. Observando Vassell, é possível imaginar que ele vá tentar a mesma estratégia de Davis de desacelerar o combate e derrubar McGeary. O problema é que Linton não tem a capacidade de Davis no riding position, então provavelmente veremos uma batalha insana por posições no chão. No fim, a aposta é em vitória de McGeary por decisão ou por submissão na segunda metade do combate.

Liam McGeary vs Linton Vassell odds - BestFightOdds

Já pela divisão dos pesados, o ex-UFC Cheick Kongo (26-10-2 no MMA, 8-2 no Bellator) tenta a quinta vitória consecutiva no cage circular para enfim ter uma nova chance para disputar o título que está vago. Para impedi-lo, o invicto brasileiro Augusto Sakai (9-0-1 no MMA, 4-0-1 no Bellator) vai atrás do quinto triunfo, o primeiro após o empate de baixo nível técnico contra Dan Charles.

Kongo tem tido dificuldade de lutar pelo título por motivos de: chatíssimo. Faz tempo que o kickboxer francês não empolga a torcida. Aliás, faz tempo que ele sequer luta como um kickoxer. Aos 42 anos completados ontem, Kongo deve se manter conservador diante da potência dos golpes de Sakai e tentar aproveitar a deficiente defesa de quedas do brasileiro. Porém, vamos ver como Cheick vai lidar com as dimensões avantajadas do bastante pesado Augusto. A aposta é em outra vitória chatíssima do francês por decisão.

Augusto Sakai vs Cheick Kongo odds - BestFightOdds

O francês Alex Lohore (11-1 no MMA, 1-0 no UFC) é um nome para ficar de olho. Ele venceu nove vezes por interrupção e sofreu a única derrota para o forte prospecto Carl Booth, hoje sob contrato com o Brave CF e na mira do UFC. Lohore vai encarar o estreante inglês Dan “Vinni” Edwards (14-14).

Apesar do cartel e retrospecto recente amargo de seis derrotas seguidas antes das duas vitórias mais atuais, Edwards é um teste decente para Lohore, um striker altamente empolgante e ofensivo, também de bom domínio da luta agarrada no ataque, mas desconhecedor de qualquer tipo de sistema de proteção. O lapso defensivo do francês pode custar caro, mas a aposta é que Lohore deite Edwards no assalto inicial.

Um jovem para prestar atenção nas preliminares do Bellator 179 é o peso galo sueco Amir Albazi (9-0), apontado pelo MMAViking.com como o prospecto do ano de 2016 no MMA nórdico. Parceiro de treinos de John Hathaway e Michael Page na London Shootfighters, Albazi é um grappler talentoso e empolgante. O “Príncipe” vai encarar o peso mosca inglês Jamie Powell (6-1).

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Duvido nada do Daley nocautear o Rory rapidamente, mas ainda sim vejo o canadense vencendo via decisão, espero que não seja uma lutaça no papel que decepcione na realidade.

  • Gabriel Fareli

    Baita palhaçada toda vez que o Bellator monta evento fora dos EUA, a transmissão aqui no Brasil ser em VT.
    Praticamente impossível escapar do spoiler. Mesmo assim pretendo assistir pelo menos a luta principal que muito me interessa, ver o Rory lutar é sempre uma atracao.

    • Eu acho que o Bellator vende a transmissão americana (da Spike TV) pra cá e não a transmissão original.

  • James sousa

    animado de mais para ver o Rory em ação acho ele o melhor meio médio do mundo tirando o parceiro de Tristar Gym GSP . ele tem tudo para dominar o bellator

  • Lero

    Rory no Bellator. O Demian agradece

    • Verdade. E, cara, o Demian chegou na disputa do cinturão passando por fora legal. Não foi só o Rory, mas o Lawler, o Hendricks, o Thompson, tudo luta dura que ele passou por fora.

      • Lero

        Gastelum…

        • Gastelum já é mais vencível, dá pra imaginar o Demian pegando as costas dele, mas também seria uma luta dura. Belo caminho o Demian pegou.