Aos 34 anos, Johny Hendricks anuncia aposentadoria do MMA

Por Matheus Costa | 27/06/2018 17:54

O ex-campeão dos meios-médios do UFC Johny Hendricks surpreendeu nesta quarta-feira (27/06) ao anunciar sua aposentadoria do MMA.

Em entrevista ao MMAjunkie, o agora ex-atleta de 34 anos revelou que a decisão de encerrar a carreira foi premeditada, e que inclusive já tem uma nova profissão. Hendricks será treinador de wrestling no All Saints, time colegial da Episcopal School, depois de passar pela experiência de cumprir este papel no ano passado.

“Eu parei. Estou me aposentando, estou saindo do mundo do MMA. Tenho pensado sobre isso seriamente há um bom tempo. Vou voltar para as minhas raízes, vou começar a treinar o All Saints. Já tive um pouco dessa experiência no último ano, mas estou indo mesmo para o All Saints e vou começar a fazer essas coisas”, afirmou Hendricks.

Entretanto, o grande motivo que fez com que ele tomasse a decisão de encerrar sua carreira foi sua família. Hendricks revelou que, após passar sete meses em casa convivendo com seus filhos todos os dias, chegou à decisão de colocar um ponto final na sua trajetória após uma conversa com sua esposa.

“Uma das melhores coisas que me aconteceu foi passar os últimos sete meses em casa, me dedicando aos meus filhos, sem me preocupar com o que preciso fazer. Eu cheguei para a minha esposa e perguntei se a gente queria mesmo continuar fazendo aquilo. Sei que a carreira é minha, mas será que nós precisamos disso? Nós precisamos passar por tudo de novo que eu sempre fiz, de ficar longe de casa por um bom tempo, deixar minha família em segundo lugar, fazer esse tipo de coisa? Eu realmente não consigo mais fazer isso. Tomei essa decisão há duas semanas, mas rezei bastante sobre isso para ter certeza que essa seria a decisão correta,” finalizou.

Com uma longa carreira, Johny Hendricks pendura as luvas no seu pior momento profissional. Depois de inúmeros problemas com o corte de peso para atingir o limite da categoria dos meios-médios, ele tentou uma sobrevida no peso médio após perder três consecutivas. Mesmo com a vitória sobre Hector Lombard, no UFC Fight Night 105, o ex-campeão acabou nocauteado por Tim Boetsch e pelo brasileiro Paulo Borrachinha.

Hendricks é o terceiro atleta a se aposentar do MMA nesta semana. Antes dele, o ex-campeão dos meios-pesados Rashad Evans também anunciou sua aposentadoria aos 38 anos, além do brasileiro Felipe Sertanejo, que pendurou as luvas aos 30 anos de idade.