Amanda Ribas se pronuncia após suspensão e declara inocência

Na tarde da última quarta-feira, a USADA divulgou a suspensão oficial da peso palha brasileira Amanda Ribasque foi pega em um exame antidoping antes do seu combate contra a também brasileira Juliana Lima, no TUF 25 Finale, luta que acabou sendo cancelada por conta da infração da mineira.

Em declaração exclusiva ao MMA Brasil, Amanda comentou sobre a suspensão, declarou inocência e fez um alerta aos seus companheiros de trabalho sobre a má qualidade de alguns suplementos. Confira:

“Oi, sou Amanda Ribas, lutadora de MMA e do UFC.

Recentemente foi encontrado o esteroide Ostarine em um dos meus exames realizados pela organização USADA antes do que seria a minha estreia no UFC.

Quem me conhece sabe a minha opinião sobre esse tipo de produto. Fui atleta da seleção Brasileira de judô, sou lutadora profissional de MMA e sempre fui completamente contra esse tipo de coisa.

Quando o positivo surgiu no exame. eu, junto com meu empresario e meu treinador, juntamos todos os suplementos e remédios que eu utilizara e enviamos para a USADA para tentarmos descobrir como isso apareceu no meu corpo.

Jamais fiz uso de doping e tampouco sabia o que era a substância, até então.

Depois de gastarmos muito dinheiro com os testes, que são pagos pelo atleta, soubemos que o Ostarine não fora encontrado.

Porém, em um dos suplementos foi encontrado Clumbeterol, substância que, apesar de não ter surgido nos meus exames de antidoping, também classifica-se como ilegal.

Nunca fiz uso de doping de qualquer gênero e me sinto extremamente humilhada e prejudicada por estar pagando por algo que não fiz.

O aparecimento do Clumbeterol em um dos suplementos anteriormente utilizados por mim mostra a má qualidade e fiscalização de alguns fabricantes desse tipo de produto.

Aconteceu comigo, bem como com outros atletas brasileiros.

Quero declarar aqui a minha inocência, e deixar um imenso alerta a todos os outros atletas profissionais do Brasil sobre o risco que esse tipo de consumo apresenta para nossas vidas e carreiras.

Eu tomarei para mim a missão de alertar a todos!!!
Vou continuar os treinamentos fortes pra ir em busca do cinturão do UFC”