Alistair Overeem nocauteia Andrei Arlovski e marca posição para disputar o título dos pesados do UFC

Com quatro vitórias seguidas, duas delas por nocaute contra integrantes do top 5, Alistair Overeem finalmente se firma como forte candidato a desafiante dos pesados no UFC Fight Night 87.

A torcida holandesa que lotou a Ahoy Arena, em Roterdã, voltou para casa feliz com a vitória de seus três principais representantes no card do UFC Fight Night 87, disputado na tarde deste domingo. Mais ainda, com a possibilidade cada vez maior de ver seu lutador número um disputando o cinturão dos pesados da organização.

Na luta principal, Alistair Overeem estendeu sua série para quatro vitórias com mais um nocaute, desta vez sobre seu companheiro de equipe Andrei Arlovski, que teve os treinadores da Jackson-Wink MMA em seu córner. Porém, mesmo com a essencial ajuda no plano tático, o bielorrusso pouco fez fora o início forte.

Arlovski tentou decidir a parada no começo do combate, quando encurralou Overeem e despejou uma saraivada de socos, esperando pelo queixo do holandês acusar. Porém, “The Reem” se protegeu bem e, com uma ótima joelhada alta no thai clinch, abriu o espaço necessário para sair da pressão.

O thai clinch e os chutes baixos e médios foram as principais armas de Overeem para deter a ofensiva do rival. O holandês trocou de base constantemente e confundiu a defesa do bielorrusso quando ora chutava a costela com a esquerda, ora batia na perna com a direita, mudava a distância para uma joelhada e socos. O “Pitbull” tentou mudar o plano para levar a luta para o chão, mas esbarrou na sólida defesa de quedas de Alistair. Numa das tentativas, sofreu uma contraqueda e acabou por baixo do duro ground and pound do ex-campeão do Strikeforce.

A parada foi decidida no primeiro minuto do segundo assalto. Bem posicionado, escondendo o queixo, Overeem acertou um chute na linha de cintura e viu a oportunidade aparecer. Ele lançou um chute voador de canhota que explodiu no queixo de Arlovski. O bielorrusso recuou e o holandês emendou um cruzado de esquerda semelhante ao que nocauteou Junior Cigano. Andrei desabou e Alistair executou um pesado ground and pound até o árbitro Marc Goddard encerrar na marca de 1:12.

Além de chegar à quarta vitória consecutiva e de ficar bem perto do posto de desafiante, Overeem ainda levou um dos bônus de desempenho do evento.

Stefan Struve gasta 16 segundos para dar cabo de Antonio Pezão

Na luta principal, mal deu tempo de a torcida se manifestar. Stefan Struve aproveitou uma oportunidade e aniquilou Antonio Pezão.

Assim que o árbitro Leon Roberts autorizou o início do combate, Pezão avançou de frente, pronto para encerrar a luta. Ele conseguiu, mas pelo lado negativo. Quando encontrou o brasileiro no centro do octógono, Struve deu um passo para trás e encaixou um pesado gancho no queixo de Pezão. O uppercut emendado passou no vazio, mas o segundo pegou em cheio e fez Silva balançar. Ainda recuando, o holandês cravou uma joelhada no tórax e mais um uppercut fez Pezão cair ajoelhado. Contra a grade, Struve disparou uma metralhadora de cotoveladas até o árbitro mandar parar.

O resultado é o terceiro nocaute mais rápido da história dos pesados no UFC, atrás da vitória de Todd Duffee sobre Tim Hague (7) e de Arlovski sobre Paul Buentello (15). Para piorar, ainda deixou Pezão num retrospecto recente de cinco derrotas e apenas uma vitória. Struve levou para casa um dos bônus de desempenho.

Gunnar Nelson vence Albert Tumenov na melhor atuação da carreira

O islandês Gunnar Nelson respondeu a duas críticas: uma, que talvez tenha futuro sem precisar baixar para o peso leve; duas, que seu jiu-jítsu não era a vergonha que Demian Maia o fez passar. Sobrou para Albert Tumenov.

No começo, Nelson tentou surpreender Tumenov com sua abordagem pouco ortodoxa proveniente do caratê. Alguns golpes rápidos e trocas de guarda confundiram o russo e fizeram com que ele demorasse a encontrar a distância. Como o islandês não tinha volume de golpes, Tumenov tomou o controle das ações, mas caiu numa armadilha. Gunni mostrou precisão nas transições e mergulhou em queda que Albert nem viu de onde veio. O faixa-preta montou rapidamente e desgastou o oponente pesando sobre ele, com o quadril baixo, peito no rosto e algumas cotoveladas.

Parece que Tumenov não aprendeu a lição e caiu no mesmo golpe no segundo assalto. Desta vez, Nelson caiu de guarda passada e chegou à montada de modo espetacular. Tumenov tentou raspar, mas acabou com o adversário em suas costas. Faltavam mais de dois minutos e era difícil supor que Nelson perderia a posição. E ele não perdeu mesmo. Passou o braço esquerdo por baixo do queixo do russo e apertou um mata-leão que pegou mais no queixo do que no pescoço. Porém, o estrangulamento foi forte o suficiente para fazer Tumenov batucar na marca de 3:15.

Além de evitar a quinta vitória seguida de Tumenov, Nelson se recuperou de derrota e embolsou um dos quatro bônus de desempenho do evento.

Thai clinch de Germaine de Randamie acaba com a raça de Anna Elmose

No MMA feminino, há poucos lugares menos sadios a ficar do que no thai clinch de Germaine de Randamie. A estreante Anna Elmose aprendeu do jeito mais duro.

Maior, mais forte e mais experiente, com o ginásio inteiro apoiando, De Randamie não deixou a dinamarquesa acelerar as ações e acertou diversos socos e chutes que forçaram Elmose a buscar a luta agarrada, a fim de testar a guarda da “Dama de Ferro”. Porém, a caloura não conseguiu o intento e acabou dentro do thai clinch da multicampeã de muay thai. Com a adversária encurralada, Germaine acertou uma joelhada infernal na boca do estômago de Anna, que já caiu ali nocauteada. De Randamie ainda acertou uma bomba de direita na rival caída apenas porque o árbitro Rich Mitchell demorou um pouco a chegar. Ele parou o combate na marca de 3:46. De Randamie ficou com o quarto bônus de desempenho de Roterdã.

Nikita Krylov faz Francimar Bodão lutar, mas finaliza o brasileiro no round 2

Pelo visto, as atuações burocráticas de Francimar Bodão tinham a ver com o que os adversários ofereciam. Contra o ímpeto de Nikita Krylov, o acreano teve que lutar. Os atletas fizeram um animado combate que acabou mal para o brasileiro.

Punhos voaram a milhão no primeiro round quando Krylov apertou o ritmo e Bodão, no susto, respondeu na mesma moeda. Assim que recobrou a clareza, o representante da Nova União tentou derrubar o ucraniano, mas ficou no clinch trocando joelhadas.

No segundo assalto, a pressão de Krylov seguiu forte, Bodão continuou tentando retornar fogo, mas não teve capacidade técnica de enxergar no furacão. Quando os lutadores foram para o clinch na grade, Francimar conseguiu derrubar, mas levou uma reversão imediata. O brasileiro atingiu o europeu com uma pedalada ilegal, mas Krylov não se abateu e ainda respondeu com uma cabeçada. Cenas Lamentáveis curtiu.

O árbitro Lukasz Bosacki parou a luta, mas manteve os atletas na mesma posição, com Nikita por cima. Ele então tentou uma chave de braço, se defendeu de uma tentativa de triângulo do faixa-preta e passou para as costas. Krylov então posicionou um mata-leão que não parecia bem encaixado, mas a pressão fez com que Bodão batucasse pela primeira vez na carreira.

Karolina Kowalkiewicz passa por Heather Jo Clark em busca do top 5 do peso palha

Com uma técnica mais apurada no kickboxing, a polonesa Karolina Kowalkiewicz teve algum trabalho com a americana Heather Jo Clark no começo do combate, mas conseguiu tomar as rédeas até a vitória por decisão.

A potência parecia estar ao lado de Clark, mas o volume de golpes de Kowalkiewicz foi paulatinamente baixando o ímpeto da adversária. Alguns overhands de Heather machucaram Karolina, mas combinações longas da europeia viraram a luta. Kowalkiewicz alternou entre cabeça e corpo, mas também foi superior na curta distância, tanto no dirty boxing de socos e joelhadas, como também nas cotoveladas.

Clark tentou levar a luta para o solo, mas também saiu no prejuízo, seja parando na defesa de quedas ou tendo que se defender de uma chave de braço. No fim das contas, dois juízes anotaram 29-28, enquanto o outro viu o mesmo 30-27 marcado pelo MMA Brasil.

 

Ainda não é colaborador? Quer participar? Conheça nossa campanha no APOIA.SE.

  • Raphael Augusto

    Germaine de Randaime é um top 5 PfP da força nominal do MMA

  • Rafael Fiori

    Impressionante como o Alistar luta de forma técnica. Todos golpes alinhados e com muita potência devido ao correto posicionamento e giro de corpo. É melhor Werdum ou Miocic prestar atenção e criar uma estratégia para anular seu jogo, caso contrário o Overeem vai tomar o cinturão.

  • Luiz Gustavo

    Já deu Pezao

  • Mumm Rá

    Overbomba bombou nessa luta com o ” Karate Kid ” Crane Kick ( Lyotto fazendo escola ? )

  • Diego

    O Alistar moldou seu jogo de forma muito inteligente. A maior mobilidade e trocas de base esconde seu ponto fraco e a agressividade ficou na medida. Seu jogo fará frente tanto para Werdum quanto para Miocic. Acho apenas que o seu jogo não deve casar com o do Cain.

    • Paulo Josué Lemos Alves

      Sim, mas temos que ver como voltará o Cain, se voltar como sempre foi realmente será uma parada dura para o holandês, onde sua ótima defesa de quedas será posta a prova.

    • Pode ser, mas o Werdum tá foda.

  • Fernando

    A luta muito provavelmente ia acabar em KO porque o queixo dos 2 é bem questionável… mas eu achei muito luta de compadre. Colocar 2 caras que treinam juntos p lutar, tem grande chances de rolar isso. O Arlovski até que não, mas principalmente o Overeem achei que segurou demais pra não machucar o colega.

    • Paulo Josué Lemos Alves

      Não achei isso, achei mais que foi o modo que o Overeem vem lutando ultimamente, muito mais cauteloso e estratégico e que foi soltando o jogo aos poucos. Quando viu que seria tranquilo, finalizou a luta.

      • Isso, também achei.

      • Felipe Oliveira²

        Isso! O Overeem é o lutador com maior precisão de golpes de todo o UFC. Ele nunca foi de jogar golpes no vazio, e sempre escolhendo bem os golpes. E nessa nova fase mais estratégico, ainda mais.

        • Acho que o Overeem lidera a porcentagem de golpes acertados na história do UFC.

      • Isso.

    • Franklin Stein

      Luta de compadre só se foi nos termos do Overeem né? Que tem fama de machucar, intencionalmente, parceiros de treino. rs

      • Hahahaha muy amigo.

        • Mumm Rá

          Quem tem um professor/amigo desses nem precisa do valentão do ” te pego na saída ”

          De quebra ainda ” papou ” a entrevistadora

      • Mumm Rá

        Olha a ” delicadeza ” da pessoa

        • Anderson Cachapuz

          `Porra… fiquei com medo qdo vi o vídeo…
          Se ele chuta pra valer, ia jogar a garotinha nno teto da academia… ele ateé que bateu “fraco”.. rs

        • Franklin Stein

          Lembro desse vídeo rs Overeem é um Jumento Batizado! Overeem vs Vai Cavalo tb merecia ser transmitido pelo Globo Rural, como já disseram sobre Glover vs Anthony Johnson ahahaha

        • Lero

          Depois ela nocauteo o Overeem com um upercut no queixo.

        • É um animal…

      • Fernando

        hehe pô galera, to ligado que rola esse papo que ele machuca a galera nos treinos, que ele é meio babaca… e o vídeo ali é clássico!! Mas tive a impressão que rolou isso.

        Quando o Overeem nos 10s ficou só esperando a bozina tocar e o Arlovski só deitado lá esperando tb, pareceu aqueles jogos que o empate classifica os 2 (Overeem virou as costas voltando pro corner antes mesmo do fim do tempo)

        Na hora do thai clinch tb, o Overeem deu 1 joelhada, tava com a pegada ali certinha pra dar outra… mas soltou… senti meio que por misericórida…

        Pode ser só lentidão dos 2 lutadores mesmo…mas fiquei com a impressão que tavam meio “tímidos” pra soltar as pancadas… principalmente o Overeem na verdade… o Arlovski tava mais pra assustado e ancioso pra resolver a parada logo…

        O psicológico dos 2 ali tava prejudicado pelo fato de serem colegas.

        • Overeem não fica mergulhando em guarda de graça, nunca foi de fazer isso.

          Eu acho que os dois nem se gostam, na verdade.

    • Jura que achou luta de compadre? Isso não me passou pela cabeça um segundo sequer.

  • Paulo Josué Lemos Alves

    Overeem está com bem menos volume muscular do que já teve antes, mas está lutando estrategicamente muito melhor do que sempre lutava. Parece ter se conscientizado de suas fragilidades e estar com o QI de luta muito bem apurado. Bom tecnicamente ele sempre foi, bela vitória, a disputa de cinturão está vindo aí. Notei o russo com menos definição e algumas “sobras”, mas pode ter sido impressão.
    Quanto ao Pezão, e pensar que ele já disputou o cinturão, sem merecer na minha visão, mas disputou. Fica difícil manter o emprego assim, talvez ainda tenha mais uma luta na organização, mas não será nenhuma surpresa se for demitido.

  • Lero

    O Gunni é tão pequeno assim como todo mundo fala? Parecia um pouco maior que o Tumenov. Acho que ele é do tamanho do GSP.

    • Não é por altura, mas por força física.

    • Fernando Reporta

      Nem achei ele maior que o Tumenov. Alias, veja o Turmenov e o Gunnar na pesagem. Depois compare na luta. O ganhou muito mais tamanho que o segundo. O Gunnar corta pouco peso nos meios-médio. Ele é um legítimo peso leve.

    • Beto Magnun

      Tumenov é mais baixo, mas é mais parrudo. Como o Fernando disse é só comparar os dois na pesagem e na luta.

  • Marcos E

    Excelente idéia da transmissão ao vivo. Eu que nunca vejo ao vivo até fiquei com vontade de acompanhar na mesma hora.

  • Guga Almeida

    muito bom ver um cara feito o overeem se consolidar. eu não imaginava q ele ainda se recuperaria, pq como um lutador de queixo tão frágil poderia sobreviver numa divisão de golpes tão fortes? bem, o holandes mostrou! acho q ele pode ser campeão e tem um jogo chato pra qualquer adversário…inclusive contra werdum . o problema seria contra cain…pq não sabemos se ele consegue não ser quedado…mas o clich não favoreceria o americano. joelhadas do inferno!!! rsrs.

    sobre pezão nem ha o que falar…tristeza ver um cara q fez aquilo com fedor e ficar nessa situação. acho q seria melhor pensar em parar, ficou claro q o trt faz muita diferença em sua vida de atleta.

    gunnar!!! que orgulho! rsrs . muito foda esse cara. infelizmente não descerá de divisão e ainda mais agora q connor parece querer ficar de leve. tem um estilo frio e bem preciso no karate e um solo incrível. espero q chegue longe na divisão. e o horighuuch tbm botou pra quebrar…o cara tem boas chances de fazer frente ao campeão daqui um tempo.

    • Hoje o Overeem tem jogo pra incomodar todo mundo mesmo.

      Concordo sobre os dois caratecas. Gunni e Horiguchi têm estilos muito bonitos.

  • Airton S

    Achei que o ex-bomba ia cair naquela blitz do início.

    • Acho que todo mundo, mas ele se protegeu bem.

    • Lero

      Ele levou uma cacetada do Big Country que mandou ele pra o knockdown que até resistiu bem. O queixo voltou. haha

      • Hahaha teve essa, mas vamos ver. A parada dele não é exatamente o queixo, mas o coração de galinha. Diferente do Arlovski.

        • Lero

          Sim, nao lembro de ter visto ele apagado no chao…. De repente só contra Pezao. Nas duas lutas que ele perdeu para o Shogun, ele ficava com cara de querer voltar pra Holanda quando estava apanhando. O melhor ainda, dando tapinhas contra Arona. Ele é parecido com o Belfort nesse aspecto.

          • E olha que o Belfort aguentou umas boas contra o Jones e o Weidman. Overeem é pior.

  • Rafael Maia

    O Nelson passeou no chão sobre o russo… nem parece a mesma pessoa que foi massacrado pelo “meu primo” Demian… mas acho que o Demian que é fora de série mesmo!

    O Pezão tá passando vergonha porque quer! Todo mundo sabe que ele era o único com justificativa de fazer TRT. Sem isso, ele não tem condições de lutar em alto nível… com esse queixo, tenho certeza que ele deve levar KO no treino!

    Enquanto via a luta, mostrei pra minha esposa uma foto do Overeem antes da bomba e depois da bomba e ela custou a acreditar que aquela pancinha balançando, o monstro musculoso e o garoto franzino não eram três pessoas diferentes.
    Tirando isso, acho que o Overeem finalmente se encontrou como lutador. Ele é competitivo!
    Mas, se fosse pra apostar dinheiro, não acho que ele vença o Werdum ou o Cain… talvez o Miocic

    • Rafael Fiori

      O último Cain que eu conheço é aquele que morreu no gás e colocou a desculpa na altitude (coincidentemente tinha começado a nova política antidoping). Não aposto nem um centavo nele sem antes conhecer o novo Cain “nível do mar”.

    • Lero

      Miocic é muito menosprecado, eu acho que ele ganha do Werdum.
      (Eu achei que o Werdum ganhaba do Cain) O jogo casa bem

      • Também acho que dá jogo, concordo que o jogo do Miocic é chato, mas acho que o Werdum leva.

    • Demian é fora de série. Ainda é muito maior e mais forte que o Nelson.

      Sem dúvida o Overeem está competitivo.

  • Cláudio Vilança

    Bom dia Galera do MMA Brasil, aproveito para parabenizar esse elenco magnifico que muito tem nos ajudado a ter mais conhecimento sobre MMA, Boxe, Wrestling, jiu-jitsu e muito mais.

    Uma pequena questão, foi impressão minha ou o Gunnar estava a lutar estilo Mcgregor, com esceção quando foi pro chão?

    • Phil Santos

      Então, ele não só treina na SBG Ireland (além da Mjolnir MMA) como é faixa preta de caratê. Por isso é que ele tem aquela base aberta. Lembra bastante o Machida também. Mas luta bem no chão porque é preta de BJJ (de Renzo Gracie, somente), apesar do vareio que tomou do Demian… mas acho que o brasileiro é que é excepcional mesmo. xD

      • Gunnar Nelson já luta assim desde antes de treinar com o Conor McGregor.

    • Nelson já tem essa base desde sempre, o estilo é dele.

  • Gefferson Nesta

    Fabricio Werdum x Stipe Miocic Werdum leva por pontos ou finalização, mas não descarto um Tko no clinch do muay thai.

    Ronaldo Jacaré x Vitor Belfort, Belfort Nocauteia surpreendendo todo mundo.
    Anderson Silva x Uriah Hall, Nocaute de Hall no segundo round
    Cris Cyborg x Leslie Smith, Cyborg atropela no primeiro round.
    Mauricio Shogun x Corey Anderson, Corey amassa Shogun a luta toda.

    Demian Maia x Matt Brown, Maia da uma aula no melhor estilo Brown indo pro seu seminário na segunda.

    Warlley Alves x Bryan Barberena, Warlley por DU.
    Thiago Marreta x Nate Marquardt, Marreta nocauteia no 1º Round
    John Lineker x Rob Font, Nocaute no 1º roundo estilo Rivera
    Rogério Minotouro x Patrick Cummins, Cummins vence amarrando Nogueira.
    Francisco Massaranduba x Yancy Medeiros, Nocauteia Medeiros ou Finaliza, essa luta não vai pra decisão.

    Serginho Moraes x Luan Chagas, Finaliza no primeiro round
    Renato Moicano x Zubaira Tukhugov, Renato por DU.

    Meus palpites pro sabado…Galera reunida lá em casa e bolão no card principal… HEHHEHEHEHEHEH Final de semana sinistro.

    • Nocaute do Belfort, especialmente no R1, não é surpresa pra mim.

      Silva-Hall caiu :(

      Acho que a Smith não encontra o primeiro minuto.

      Jiu-jítsu já foi o grande calo do Brown. Como ele vem treinando há um tempo com os Buckeyes, que é um time forte pra cacete na D1 da NCAA, vejamos como estará a defesa de quedas quando o Demian embolar.

      Rob Font é luta dura pra cacete pro Lineker.

      • Gefferson Nesta

        Hall x Thales Leites me parece uma boa luta… Será que ele aceita?
        Levo fé no Maia amassando, tirando isso é nocaute do Brown.
        Se Lineker não nocautear Rob Font leva por DU.

        • Hall disse que não aceitaria ninguém, eu acho.

          Também levo fé no Demian amassando. O wrestling dele é diferente, não tem tanto tiro, tanto ataque de perna.