Alexander Volkanovski testa positivo para Covid-19 e cancela disputa de cinturão contra Brian Ortega no UFC 260

Por Matheus Costa | 21/03/2021 02:25

Uma das principais lutas do UFC 260 infelizmente não irá mais acontecer no evento. Durante a transmissão do UFC Vegas 22, o UFC anunciou que a disputa de cinturão entre Alexander VolkanovskiBrian Ortega foi retirada do card por conta de uma quebra de protocolo de Covid-19. Minutos depois, o campeão dos penas revelou que testou positivo para a doença assim que chegou nos Estados Unidos neste fim de semana.

+ Charles do Bronx enfrenta Michael Chandler pelo cinturão dos leves no UFC 262

Através de sua conta no Twitter, Volkanovski revelou a notícia de que contraiu a doença e, por isso, teve que cancelar a disputa de cinturão. O australiano se mostrou triste com o acontecimento e prometeu voltar mais forte.

“Estou devastado ao revelar que eu testei postiivo para Covid-19 e minha luta (contra Brian Ortega) será remarcada. Eu testei negativo saindo da Austrália e testei negativo antes de entrar na bolha do UFC, mas meu último teste deu positivo. Nós trabalhamos tão duro para nos prepara para esta luta e eu estou absolutamente indignado que isso aconteceu. Seguimos cada regra e processo para não contrair o covid, mas não era pra ser desta vez. Obrigado a todos daqui nos Estados Unidos pela ajuda prestada desde que chegamos por aqui e a todos no meu país e ao redor do mundo pelas mensagens positivas. Aos meus fãs, tenho certeza que voltarei mais forte”, afirmou.

+ Seja colaborador do MMA Brasil e apoie o jornalismo independente

Com o cancelamento da luta, o UFC 260 terá apenas uma disputa de cinturão entre o campeão dos pesos pesados Stipe Miocic contra o desafiante Francis Ngannou em uma revanche entre ambos. Já na luta coprincipal, o ex-campeão dos meios-médios Tyron Woodley retorna ao octógono para enfrentar o brasileiro Vicente Luque.

Foto: UFC/Divulgação