Por Alexandre Matos | 08/02/2013 02:28

Mais uma vez o Bellator entrega uma noite de lutas empolgantes para os fãs de MMA. Na noite desta quinta-feira aconteceu o Bellator 88, evento que revelou o novo campeão dos pesos médios da organização, além dos semifinalistas do torneio dos penas. A ação se deu no The Arena do Gwinnett Center, na cidade de Duluth, Geórgia.

Na luta principal da noite, o brasileiro Maiquel Falcão começou melhor na luta, buscando encurtar a distância para trabalhar no grappling. Ele conseguiu levar o russo Alexander Shlemenko para o solo no primeiro round, depois de algumas trocas de golpes potentes, mas acabou sucumbindo a mais uma demonstração do enorme poder de nocaute do rival. Com violentos golpes no corpo, Shlemenko nocauteou Falcão no segundo round e ficou com o cinturão que estava vago desde a saída de Hector Lombard para o UFC.

Os combates anteriores deram início ao torneio dos penas da oitava temporada. O principal favorito ao título teve sérios problemas. Marlon Sandro até tentou derrubar o russo Akop Stepanyan, mas só foi efetivo mesmo no terceiro round. Nos dois primeiros o brasileiro encontrou dificuldade na versátil trocação do rival, que fez ótimo trabalho de chutes e joelhadas.

Como Stepanyan teve um ponto deduzido no intervalo do segundo para o terceiro round, devido a insistentes agarramentos na grade, a luta deveria ter acabado empatada em 28-28, na contagem do MMA Brasil. Isto provocaria um quarto round para desempate, já que um vencedor precisava ser declarado para o torneio seguir em frente. Mas não foi necessário. Apenas um dos juízes oficiais repetiram nosso placar, enquanto os outros dois deram vitória a Marlon por 29-27, provavelmente motivados por uma queda que o brasileiro aplicou no fim do primeiro round.

Faixa-preta de muay thai do brasileiro Sergio Cunha, o americano Mike Richman não tomou conhecimento do compatriota Mitch Jackson. Mostrando desenvoltura, Richman dominou inteiramente o round único, mandando o oponente a knockdown em três oportunidades e trabalhando um tempo no ground and pound antes de fechar a conta.

O desfecho do combate foi violento. Com um chutaço perfeito na cabeça, Richman mandou Jackson a nocaute. Mitch caiu sentado, já totalmente fora de ação, mas o experiente árbitro Dan Miragliotta errou feio e permitiu que Mike disparasse uma saraivada de socos desnecessários. Contando por baixo, pelo menos quinze socos foram lançados contra a cabeça do já nocauteado Jackson.

A noite começou movimentadíssima. O Bellator inverteu a ordem de duas lutas e passou o confronto dos brasileiros Alexandre Popó e Junior PQD para o card principal. Sorte dos fãs, que acabaram vendo um combate curto, mas eletrizante.

PQD começou melhor, mas Popó acertou um contragolpe que fez o rival bater o joelho no chão. Junior conseguiu se livrar da situação ruim, derrubou Alexandre e caiu por cima. Mostrando sua temida guarda, Popó tentou uma americana e aproveitou os movimentos de PQD enquanto batia no ground and pound para pegar o braço do lutador da RFT num armlock sensacional.

No card preliminar, o amapaense Fabricio Guerreiro fez um bom primeiro round contra o russo Magomedrasul Khasbulaev, mas acabou sucumbindo a um katagatame no round posterior.

Com os resultados do Bellator 88, as duas semifinais do torneio dos penas já estão definidas. De um lado da chave, Popó enfrentará Richman, enquanto Marlon vai medir forças com “Frodo” Khasbulaev.