Por Israel Silveira | 31/10/2020 15:37

O ex-campeão absoluto dos cruzadores (90,7 Kg) Oleksandr Usyk decidiu em 2019 que não havia mais desafios na divisão e subiu para os pesos pesados. Após uma luta de “aquecimento”, Usyk agora tem um teste real contra Derek Chisora. A luta será transmitida ao Brasil pelo DAZN.

Oleksandr Usyk (17-0, 13 KOs), 33 anos, destro, é dono de uma das melhores carreiras amadoras de todos os tempos, coroada com o ouro olímpico em Londres. Em sua carreira profissional, Usyk tem sido irrepreensível até aqui e conseguiu trazer diversas características do boxe amador: excelente movimentação, jab de elite e muito volume de golpes. Foi assim que ele conseguiu enfileirar duros adversários na conquista da World Boxing Super Series em 2017 e 2018: Marco Huck, Mairis Briedis e Murat Gassiev todos foram vítimas do ucraniano que superou todos de maneira semelhante. Tendo superado todos os principais lutadores da divisão dos cruzadores e unificado os principais cinturões, o lutador finalmente decidiu subir para os pesos pesados.

Usyk estreou nos pesos pesados contra o pouco ameaçador Chazz Whiterspoon. Usyk não pareceu tão dominante em sua estreia nos pesados e claramente faltou punch. A performance de Usyk foi excelente e o corner de Whiterspoon jogou a toalha no 7º assalto, porém gerou dúvidas sobre o sucesso do ucraniano contra o melhor que a divisão tinha a oferecer.

O ucraniano subiu para a divisão dos pesos pesados com o status de desafiante obrigatório ao título da WBO, atualmente nas mãos de Anthony Joshua. Usyk poderia ter enfrentado o campeão antes, porém Joshua acabou sendo surpreendido por Andy Ruiz Jr. e Usyk teve que esperar a revanche imediata que o ex-campeão acabou vencendo.

Derek Chisora (32-9, 23 KOs), 36 anos, destro, é o clássico journeyman dos pesos pesados. Um lutador que se manteve entre os 15 melhores da divisão por muito tempo, mas sem nunca vencer um título de primeira importância. Chisora já teve suas chances de disputar o cinturão do WBC contra Vitali Klitschko em 2012, mas acabou derrotado de forma convincente. Derek foi derrotado pelos melhores lutadores que enfrentou em Tyson Fury (duas vezes), David Haye, Kubrat Pulev e mais recentemente Dillian Whyte. Todavia, seu sucesso contra adversários inferiores vem mantendo o lutador do Zimbábue próximo do topo da categoria.

Por mais que se diga que Oleksandr Usyk é “pequeno” (1,91m) para divisão dos pesos pesados, ele é maior que Chisora (1,88m) por três centímetros e terá 10 centímetros de vantagem de envergadura.  Chisora terá que encurtar e bater, porém ele nunca foi o mais móvel dos boxers e ele enfrentará um dos melhores footworks da categoria. Ele tem muito mais punch que Usyk, mas o ucraniano já se provou contra grandes pegadores, fato que faz dele muito favorito para o combate. Oleksandr, por sua vez, deverá lutar na longa distância e controlar o adversário com seu jab e evitar o clinch, onde Derek deve ter alguma vantagem de força, porém não deve ser o suficiente. O zimbabuano é zebra em 6 para 1.

A luta será em Londres, na SSE Arena. O combate terá transmissão exclusiva do DAZN. O card principal começará às 15:00 e Usyk e Chisora devem entrar no ringue por volta das 16:00.

O DAZN Brasil disponibilizou um link para os leitores do MMA Brasil assinarem ou aproveitarem uma degustação de 30 dias de seu serviço, que inclui a transmissão do combate entre Oleksandr Usyk e Derek Chisora neste sábado, além de diversos esportes e campeonatos ao redor do mundo. Clique neste link e assine o melhor serviço de streaming esportivo do mundo.