A semana é de UFC 205, mas o MMA Além do UFC segue forte

A semana pode ser de UFC 205, mas o cenário do MMA fora do UFC está prometendo grandes momentos. Confira os melhores eventos que acontecerão nessa próxima semana e seus principais destaques.

A semana pode ser a do gigantesco UFC 205, mas isso não quer dizer que o mundo do MMA vai parar de rodar. Temos aqui mais um conjunto forte de eventos acontecendo da quinta-feira desta semana até a quarta da próxima.

Quinta-feira, 10/11: Bellator 164

O Bellator 164 marca a continuidade da expansão internacional da segunda maior organização do MMA mundial. O novo país alcançado é Israel, que receberá um excelente combate na segunda defesa de título do campeão dos meios-médios Andrey Koreshkov (19-1). Ele enfrenta o ex-campeão Douglas Lima (27-6).

Além disso, dois confrontos no peso pena movimentarão o card. No duelo coprincipal, o dono da casa Noad Lahat (9-2) faz sua estreia no Bellator ao duelar com Scott Cleve (15-5). Também na porção principal do evento, Georgi Karakhanyan (25-6-1) busca a segunda vitória seguida contra Kirill Medvedovski (5-2).

Outra luta que vale ficar de olho:

Joaquin Buckley (6-0) vs Jackie Gosh (6-0).

Transmissão para o Brasil: sexta-feira no FOX Sports, em VT, a partir das 23:45h.

Sexta-feira, 11/11: ONE Championship 49

Depois de surrar Kazushi Sakuraba na luta principal do primeiro evento do Rizin FF, Shinya Aoki (39-6) faz sua primeira luta em 2016 no ONE Championship 49. Ele liderará o card defendendo seu cinturão dos leves pela terceira vez ao encarar Eduard Folayang (15-5).

Outro campeão defenderá seu título no evento. Um dos melhores atletas da categoria fora do UFC, Marat Gafurov (14-0) concederá uma revanche ao oponente de quem tirou o cinturão do peso pena, Jadambaa Narantugalag (12-4).

Outras lutas que valem ficar de olho:

Timofey Nastyukhin (10-2) vs Kotetsu Boku (24-11-2)

Michelle Nicolini (2-1) vs Mona Samir (1-1)

Roger Huerta (22-9-1) vs Adrian Pang (22-9-2)

Transmissão para o Brasil: EI Maxx a partir das 10:25h

Sexta-feira, 11/11: Shooto Brasil 67

O Shooto Brasil 67 traz em seu combate mais importante o ex-TUF Brasil Ismael Marmota (14-5-1) defendendo sua coroa dos meios-médios ao enfrentar Michel Demolidor (13-6). O ex-UFC Valmir Bidú (14-4) também estará no evento em um duelo com Francivaldo Massarinha (5-2).

Outras lutas que valem ficar de olho:

Bruno Macaco (14-2) vs William Pitchula (10-10)

Luciano Palhano (14-2) vs André Polvo (2-0)

Geraldo Cocão (10-5) vs Ronildo Augusto (9-2)

Transmissão para o Brasil: Canal Combate a partir das 20:00h (com interrupção para a pesagem do UFC 205)

Sexta-feira, 11/11: Legacy FC 62

Em um evento com menos destaques que o normal o Legacy FC 62 terá a primeira defesa do cinturão dos médios pelo campeão Rafael Lovato Jr (3-0). Seu oponente será Cortez Coleman (13-6). O segundo combate mais importante da noite, os pesos penas Mike Maldonado (5-0) e Justin Rader (4-2) medirão forças.

Sábado, 12/11: Cage Warriors Unplugged

Como aperitivo para o UFC 205, o Cage Warriors Unplugged promoverá defesas de cinturão de seus dois maiores nomes no momento. Depois de renovar contrato com a organização, o campeão dos penas Paddy Pimblett (12-1) encara o ex-UFC Julian Erosa (17-3) naquele que provavelmente é o maior desafio de sua carreira até o momento.

O outro campeão que vai atuar no sábado é o dos leves. Chris Fishgold (15-1-1) busca sua segunda defesa de título e a quinta vitória em 2016 ao enfrentar o ex-TUF Nic Herron-Webb (19-7).

Domingo, 13/11: Pancrase 282

Em busca de sua sexta vitória seguida, Rafael Morcego (27-5) faz a luta principal do Pancrase 282. Seu adversário será Victor Henry (12-2), pupilo de Josh Barnett, que é um ex-desafiante ao cinturão dos galos da organização. O vencedor do combate possivelmente será o próximo oponente do campeão Shintaro Ishiwatari.

O combate coprincipal terá a ex-UFC Rin Nakai (17-2-1) em sua segunda luta como peso mosca. Ela enfrentará a brasileira Priscila de Souza (12-7).

Quarta-feira, 16/11: Fight Nights Global 54

Pela primeira vez, a coluna conta com um evento em plena quarta-feira. Contudo, o Fight Nights Global 54 não deixava outra opção. Um dos melhores prospectos pesos pesados do mundo, Sergey Pavlovich (9-0), faz a luta principal contra a concorrência de maior gabarito de sua carreira até aqui, Alexei Kudin (21-9-1).

Além disso, mais um dos melhores pesos penas fora do UFC estará em ação. O invicto Rasul Mirzaev (17-0) terá um duro teste pela frente ao encarar o ex-UFC Levan Makashvili (12-2-1) em um combate que promete.

Resultados da semana passada:

A última semana foi movimentada pelo Bellator 163 e pela primeira edição do Fight2Night, que contaram com prévias no MMA Brasil.

O Bellator 163 coroou um novo campeão quando Phil Davis destronou Liam McGeary com autoridade e conquistou o cinturão dos meios-pesados. Para ficar por dentro do que de melhor aconteceu no evento, confira nossa resenha aqui.

Já o Fight2Night sofreu com muitas lesões de última hora e mudanças no card, mas entregou um evento de qualidade. No combate principal, Paulo Thiago conquistou a segunda vitória seguida ao finalizar o bruto Cheick Kone. No segundo duelo mais importante, William Patolino reencontrou o caminho das vitórias após a demissão do UFC ao nocautear Bojan Kosednar.

Thiago Silva não teve uma grande exibição, mas superou um exaurido Rameau Thierry Sokoudjou com um nocaute na última parcial do combate. Já Leo Leite precisou superar uma forte dedada no olho que não rendeu dedução de pontos ao oponente, Moise Rimbon, mas conseguiu chegar à vitória por decisão majoritária e se manteve invicto.

Em uma grande virada, Eddy Ellis passou a luta apanhando para Adriano Capitulino – que substituiu Hernani Perpétuo com menos de dois dias de antecedência – até conseguir tirar um guilhotina da cartola no segundo assalto e levar a luta. Por fim, sua esposa, a ex-UFC Lisa Ellis, não teve a mesma sorte. Ela foi atropelada por Virna Jandiroba, que a finalizou com um mata-leão no primeiro round e conseguiu a maior vitória de sua carreira, o que deve colocá-la no radar das grandes organizações mundiais.

  • Gabriel Carvalho II

    Bruno Macaco (14-2) vs William Pitchula (10-10)

    Casamento sensacional. Parabéns, Dedé Pederneiras.

    • João Gabriel Gelli

      Como se a disparidade de cartéis já não fosse o suficiente, o Macaco ainda é muito bom lutador. Nenhum sentido em fazer uma luta dessas.

      • Bruno Fares

        hahaahahah genio

    • Malk Suruhito

      Só que o retrospecto recente deles é quase idêntico: 4W1L para o Macaco e 4W1D para o Pitchula.
      João, no Sherdog o Pichula conta como 11-9 e não 10-10.

      • João Gabriel Gelli

        Eu vou sempre pelo tapology.

        Além disso, sobre o retrospecto recente, é só comparar os adversários. Macaco ganhou do Lincoln de Sá e do Allan Puro Osso, dois dos melhores adversários que o Brasil tem pra oferecer na divisão.

    • James sousa

      hahahah

  • James sousa

    Andrey Koreshkov vs Douglas lima espero que seja um lutão , e já animado pra ver o vencedor acredito que vai ser o Russo contra o Rory Macdonald

  • Diego Florentino

    A semana vai ser longa meus amigos.

    Off Topic Alguém pode me explicar por que o Connor está favorito -170 contra o Alvarez +140? O mundo está maluco, ele é favorito mesmo ou o hype chegou nas bolsas de apostas?